30 junho, 2008

Aniversários

É o dia de aniversário da Susana e, como tal, também é dia de jantar de amigos.
Apesar de ter pena que o Bruno não possa ir, vou em representação do clã Simões.
Amanhã é o dia dos 54 anos da Força Aérea, e vou aproveitar com um regresso à praia...
Depois vem o Bruno,
Há aula de cavaquinhos,
E não deve haver tempo para post.

29 junho, 2008

Máximo

O fim-de-semana foi o máximo!
Aquecer o corpo ao Sol,
Um banho de mar,
O barulho das ondas.
Amanhã o dia vai começar cedo e acabar tarde.
O Bruno ruma a Barcelona muito cedo e aproveito para treinar antes de ir trabalhar.
Vamos aguardar pelo desenrolar.

27 junho, 2008

Solinho

Hoje depois do jantar rumamos para o Meco.
Dois dias de praia sem apanhar trânsito.
Apanhar solinho, comer sardinhas... passear e pôr a conversa em dia.
Domingo vimos a tempo do ensaio do Rancho.
E segunda começa outra semana...

26 junho, 2008

Presentes

Vêm aí alguns aniversários.
Estamos a precisar de uma raquetes de praia.
E ainda mais de arejar a meio da semana.
E por isso vamos passear.

25 junho, 2008

Ver









Não é preciso ver para querer,
Não é preciso ver para sentir,
Não é preciso ver para ter,
Nem sempre é preciso ver para crer,
Mas é preciso ver para preencher o coração.

Escrever

É verdade que não tive grande tempo, mas ontem também não tive muita vontade de escrever.
Nem liguei o computador.
Acho que não tinha nada para dar.

23 junho, 2008

Francisco Brandão

O Chico pôs hoje termo à sua vida...
Nem queria acreditar quando soube.
Senti um amargo de boca e o coração tão apertado.
Estou verdadeiramente triste, muito triste.
Não sei se alguma vez vou aprender a lidar com estas perdas.
Moçambique está de luto e a Beira chora. E eu também.
Até um dia.

22 junho, 2008

Doente

O Papi está em convalescença. Tem Zona.
Fiquei muito preocupada, mas agora sei que está em franca recuperação.
Amanhã jantamos juntos para confirmar isso mesmo.
Ver para crer! Porque os pais dizem sempre que já estão bem...

Praia

Aproveitámos este Domingo para ir à praia.
Foi um dia óptimo de Sol.
Apesar da bandeira amarela, a água estava boa e a única desvantagem foi mesmo o vento ser mais forte do que uma brisa.
Soube bem, muito bem.

21 junho, 2008

Festa

Hoje foi dia de festa, de festas.
Os pais tiveram Casamento e nós Baptizado.





Foi um dia óptimo, divertido e bem passado.
Agradecemos o momento de partilha e por nos fazerem sentir como em família.

Futebol

O Bruno regressou à futebolada.
O que se previa como uma noite só para eles, acabou por ser um serão para nós, com um jantarinho cá em casa depois do treino.
A companhia foi do melhor, o jantar foi só remediado, na cozinha, mas verdadeiramente confortável.
Haverá mais.

19 junho, 2008

Derrota

Não correu bem.
A expectativa era alta, mas não se pode substimar o adversário.
Debatemo-nos, demos o que tínhamos e isso é o que interessa.
Não foi vitória: e acabou-se a história!

Folga

Hoje estive de folga e amanhã também estarei.
Folgas antigas que agora sabem a mel.
Mas estou de rastos, todo o dia de um lado para o outro, desde cedo. Mas é um cansaço bom, de quem fez coisas boas e esteve com quem gosta.

18 junho, 2008

Aulas

Durante grande parte da manhã, estive a dar aulas no Curso de Segurança de Voo.
De tarde comecei a preparar o teste.
Nos últimos tempos tanto tenho sido professora como aluna.
Vamos sempre assumindo deferentes papéis e repartindo os recursos que temos!

17 junho, 2008

Intervalo


Eis a música que mais tenho ouvido nos últimos dias.
Adorável.
Embala.
Faz sorrir.

16 junho, 2008

Júlio

Hoje é o dia do Tio Júlio.
Muitos parabéns, muitas coisas boas, muitos presentes e beijinhos.
Quando estivermos juntos já te posso tocar os parabéns no meu cavaquinho.
Um dia feliz!
ADORO-TE, mil vezes.

15 junho, 2008

Mary

Muitos, muitos parabéns! Duplamente.
A Marianne completa hoje aniversário.
O Manuel meses.
Hoje é um verdadeiro dia de festa, dos grandes, dos bons!
Um beijinho muito grande, e que os presentes sejam o que mais mereces: o que há de melhor.

Pressão

Parece que um bocadinho de pressão ajuda mesmo a melhorar o desempenho...
Não são sempre favas contadas,
Não corre sempre bem,
Ninguém é insubstituível,
Mas uns ainda fazem mais falta do que outros.
Derrota, derrota: mas não acaba aqui a história!

Fora

Parece que estive tanto tempo fora, tantos dias sem ir trabalhar.
Muito mais do que uma semana.
Nem sei bem se me lembro ainda onde fica o Lumiar!
Amanhã sou bem capaz de me recordar.
Mas hoje ainda tenho a sensação de estar longe.

12 junho, 2008

António

Mas hoje...
Viva o Santo António,
E os Santos Populares!

Campo

Depois de dois dias de praia, de banhos de mar e sardinhas.
Depois de ter ganho uma cor mais saudável...
Depois da crise de combustível,
Rumamos amanhã para o campo, para a serra,
Até Domingo.

Estante

O Bruno ofereceu-me hoje uma estante de partituras.
A partir de agora, tenho mais uma razão para fazer (ler) melhor música.
Estou mesmo a ganhar afecto por esta Arte.

10 junho, 2008

Meco

Estou de férias a semana toda.
E para rentabilizar o tempo, vou dividir-me entre a praia e o campo.
Começo pela praia e vou com a mãe amanhã para o Meco.
Dois dias de passeio e conversa.
Até quinta.

09 junho, 2008

Elfo

Hoje quando acordei, parecia um Elfo.
Tinha o rosto muito deformado.
Afinal não é Artrite, nem Botox, só também ainda não sei o que é!
Mas já voltou tudo ao normal, felizmente.

Lost

Adorei o último episódio da 4ª temporada.
Foi o máximo.
Só é triste pensar que antes de Março de 2009 não há nada, nem mais um, só assim, para matar algumas saudades...

Parabéns

Maturidade não é discernir o bom do mau, mas sim tentar ver o bom em tudo o que é mau. Por isso, não há nada a temer, apenas a celebrar.
Parabéns Susana!
Um beijinho.

08 junho, 2008

Música

A tarde de hoje é de música.
Poderia ser de praia com imenso vento,
De sofá e de filmes,
De passeio a pé.
Mas não. Não é nada disso.
Tenho ensaio de Cavaquinhos e do Rancho de seguida.
Vou tocar e dançar para me encher de música.

Arranque

E deu-se o arranque do Euro 2008.
Como todos os portugueses, estava cheia de expectativas.
E correu bem, muito bem.
A companhia deu sorte.
Agora rumamos para quarta-feira.
Vitória, vitória: e continua a história.

06 junho, 2008

Barreira

Ultrapassei a barreira dos 400 Kms.
Ultimamente tenho corrido menos vezes por semana,
mas lá cheguei.
Uma média de 8,5 Kms por corrida, num total de 47.

Sonhar

Sonhar é acordar-se para dentro...

Mas se podemos sonhar, também podemos tornar os nossos sonhos realidade.

Saco

Há tanto tempo que pedia e que não falava de outro assunto...
Aconteceu.
Recebi o saco para transportar a Bimby.
Imaginem a cor...
Côr-de-rosa, como não poderia deixar de ser.



Concerto

O concerto de ontem foi fabuloso.
Uma noite serena, mas sem calor.
Um ambiente intimista e convidativo.
Uma música fabulosa e uma companhia do mais agradável que há.

05 junho, 2008

Leão

Vamos assistir ao concerto do Rodrigo Leão nos Jerónimos.
Dificilmente haverá melhor lugar para ouvir tão boa música.
Amanhã contarei, mas a minha expectativa é realmente alta.

04 junho, 2008

Amar

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exacto. E então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome... Auto-estima.
Quando me amei de verdade, pude perceber que a minha angústia, o meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou a ir contra as minhas verdades.
Hoje sei que isso é... Autenticidade.
Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de... Amadurecimento.
Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é... Respeito.
Quando me amei de verdade comecei a livrar-me de tudo que não fosse saudável... Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama... Amor-próprio.
Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro. Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é... Simplicidade.
Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.
Hoje descobri a... Humildade.
Quando me amei de verdade, desisti de ficar a reviver o passado e de me preocupar com o futuro. Agora, mantenho-me no presente, que é onde a vida acontece. Hoje vivo um dia de cada vez.
Isso é... Plenitude.
Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode atormentar-me e decepcionar-me. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela torna-se uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é... Saber viver!

Charles Chaplin

O segredo passa por não vivermos cheios de verdades e de certezas absolutas.
Cheios de capacidades para julgar e ver tão pouco.
O segredo está em viver de acordo com o que se crê ser o melhor, para o Nós.
Dar e receber, aprender a ser Feliz.

03 junho, 2008

Para ti, Vitor

A hora da partida soa quando
Escurece o jardim e o vento passa,
Estala o chão e as portas batem, quando
A noite cada nó em si deslaça.

Um beijinho grande.

Aqui

Hoje fico aqui,
Até amanhã.
Sem ir a casa,
De serviço,
Outra vez.

02 junho, 2008

Magia

Há momentos de magia,
Há tempos de felicidade plena.
O importante é não cronometrar,
Mas viver,
Sentir,
Para ser quase milagre.

01 junho, 2008

1º Mistério


Foi dia de festa.
O Diogo recebeu o seu 1º Mistério, o do Baptismo.
Estivémos entre amigos e familiares, em convívio.
Divertimo-nos e gostámos muito.
Obrigada.